ARTIGOS

Image

Web Summit 2019, a experiência de participar deste grandioso evento

Web Summit 2019, a experiência de participar deste grandioso evento

Ana Elise Dorneles Dias

Diretora Checklist Produções e Eventos

 

Ser uma entre mais de 70 mil pessoas, de 163 países, que circularam em um evento e sentir-se acolhida como se fosse a única. Essa foi a experiência ao participar, entre os dias 4 e 7 de novembro, da Web Summit, quando Lisboa foi considerada a capital mundial da tecnologia, da inovação e das startups. Nascida em 2010 na Irlanda, desde 2016 a conferência é realizada na capital portuguesa, e ali acontecerá até 2028.

 

Desde a inscrição antecipada pela internet, ao navegar pelo aplicativo da Web Summit, era possível ter acesso e interagir com conexões sugeridas. Por esse meio, recebemos alguns contatos e convites para reuniões durante o evento e escolhemos seis temas de nosso interesse, e, assim, uma playlist diária de palestras e conteúdos era disponibilizada. (Algumas palestras principais foram traduzidas para o português e postadas no APP, ao longo dos dias do evento.)

 

Ao chegar ao aeroporto de Lisboa, em uma estrutura montada anexa, realizamos o cadastramento e recebemos as credenciais para iniciar de fato a experiência. A importância do evento para a cidade era visível por onde passássemos. A capital portuguesa respirava a Web Summit.

 

Empresas inovadoras que não conseguiram divulgar seus negócios do lado de dentro estavam presentes com ativações criativas no entorno, aproveitando a atmosfera do evento. Fomos convidados a fazer uma foto e postar nas redes usando a hashtag para ganhar uma linda manta, souvenir da Web Summit. Detalhe: quem ali conversava, apresentando a empresa e muitas vezes fazendo a foto do celular do cliente era um dos jovens diretores – oportunidade ímpar de divulgação. A manta era linda, e ele não exigia o post para dar o presente. Gentilezas e marketing de relacionamento mesmo antes de acessar a Arena Altice.

 

A infraestrutura da Arena Altice – no belo Parque das Nações, às margens do rio Tejo, com espaços verdes, construções contemporâneas – superou nossas expectativas. O número de voluntários que recebiam os participantes chamava a atenção, e o idioma oficial do evento era o inglês. O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, na cerimônia de encerramento, enalteceu o trabalho dos jovens, que, embora tenham trabalhado voluntariamente, certamente ganharam muito em experiência com sua participação.

 

A maior dificuldade era decidir o que acessar primeiro. O escolhido foi o palco principal, mas sua ambientação, a mesma dos anos anteriores, foi um pouco frustrante para uma produtora de eventos sedenta por inovação e bom gosto em cenografias. Porém, nos outros 22 palcos menores espalhados pelos sete pavilhões, beleza e criatividade em diferentes estilos encheram nossos olhos de inspiração.

 

Grandes nomes mundiais debateram as principais questões presentes e futuras do setor de tecnologia no mundo. Educação e conhecimento, computação quântica, 5G, privacidade de dados, inteligência artificial e computação robótica foram assuntos recorrentes. Ao longo dos quatro dias, foram 1.206 palestrantes com conteúdos simultâneos em cada um dos palcos e também nos estandes das empresas parceiras.

 

Mesmo com uma trilha personalizada a partir das temáticas selecionadas por cada participante, foi uma tarefa difícil escolher o que ver ou ouvir, e muitas vezes a logística era impeditiva, pois atravessar os pavilhões levava algum tempo. A dispersão entre os estandes, muito bem produzidos, e os produtos e empresas expositores nas feiras dos pavilhões eram um atrativo à parte. Mais de 2.150 startups e 239 empresas do mundo todo marcaram presença com estandes de ponta. De acordo com a organização do evento, os setores mais presentes foram soluções de software, fintech, inteligência artificial e machine learning.

 

Os serviços estavam em perfeito funcionamento. Uma imensa chapelaria, totens com centenas de carregadores de celulares, wifi funcionando na maioria do tempo, água mineral em bombonas e copos de papel, espaços de catering com food trucks e cerveja. Programações noturnas complementares em três dos quatro dias evidenciavam um evento jovem, livre e democrático. 

 

Evento encerrado, permanecemos lá ainda mais um tempo, navegando e conhecendo espaços que não havíamos visitado, encontrando ainda mais gaúchos e gerando conteúdo. Foi uma grande e intensa vivência. Ainda estamos assimilando toda a informação, que aplicaremos no design de experiências marcantes de nossos clientes.

 

O convite da organização para a Web Summit 2020 com desconto (pague um e leve dois) já está em nossa caixa de mensagens. De fato, muito tentador.

 

2021 Checklist Produções e Eventos | Todos os direitos reservados | (51) 9999.99224 | contato@checklistproducoes.com.br
2021 Checklist Produções e Eventos
Todos os direitos reservados
(51) 9999.99224
contato@checklistproducoes.com.br